Bahia,
Seguro: Cancelamento deve ser avisado

O contrato de seguro de automóvel somente pode ser suspenso após comunicado oficial da seguradora ao cliente inadimplente. Esta foi a decisão da Segunda Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ), favorecendo a publicitária Lucilene Fantuci que teve o veículo roubado, segurado pela Porto Seguro, e encontrado colidido, com perda total.

A seguradora recusou-se a pagar a indenização uma vez que o seguro havia sido cancelado em razão do atraso no pagamento de duas parcelas do prêmio. Com a decisão do STJ, a segurada vai receber a indenização, deduzidos os valores da sucata e das duas prestações atrasadas.

A Justiça paulista julgou a ação improcedente, uma vez que a Porto Seguro insistiu que o pagamento do prêmio é requisito essencial para o segurado exigir da seguradora o cumprimento de sua obrigação. Ao recorrer ao STJ, a consumidora alegou que o inadimplemento parcial não afasta seu direito de receber a indenização e que não foi avisada do cancelamento.

Fonte: Jornal da Tarde

<--- Voltar

Topo   
Empresa | Seguros | Produtos & Serviços
Notícias | Informativo | Eventos
Página Inicial | Agenda de Vencimento | Personal Protection | Fale Conosco
Regra para pagamento de prêmios ajuda segurados
Cartilha da ANS sobre migração e adaptação
Reajuste para migrar de plano será de 15%
Preços caem no exterior, mas insegurança permanece
  Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2002, CPR Seguros & Riscos Desenvolvido pela Index