Bahia,
Previdência privada já é produto de consumo

A projeto de emenda de reforma da Previdência contribuiu para criar uma nova cultura no Brasil. Desde que os debates começaram a ocupar extensos espaços na mídia, os planos previdenciários comercializados pelas seguradoras passaram a ser procurados pelos consumidores. Antes, o mercado já vinha percorrendo um caminho ascendente, mas os planos de previdência ainda eram produtos de oferta - era preciso ir até o consumidor.

Os resultados divulgados pelas seguradoras de vida e previdência este ano refletem a nova tendência. A Bradesco Vida e Previdência, a primeira no ranking do setor, divulgou um crescimento de R$ 1,2 bilhão no primeiro trimestre deste ano, um avanço de cerca de 90% em relação ao mesmo do período de 2002, quando somou R$ 660 milhões.

Na média do mercado, as receitas com produtos de previdência aumentaram 74,72%, somando R$ 3,13 bilhões. As projeções são de um crescimento de 40% para as carteiras de investimentos, que estavam em R$ 36,7 bilhões em abril.
.

Fonte: Gazeta Mercantil

<--- Voltar

Topo   
Empresa | Seguros | Produtos & Serviços
Notícias | Informativo | Eventos
Página Inicial | Agenda de Vencimento | Personal Protection | Fale Conosco
Regra para pagamento de prêmios ajuda segurados
Cartilha da ANS sobre migração e adaptação
Reajuste para migrar de plano será de 15%
Preços caem no exterior, mas insegurança permanece
  Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2002, CPR Seguros & Riscos Desenvolvido pela Index